Esclareça as suas dúvidas acerca da sociedade limitada unipessoal

3 minutos para ler

Você já ouviu falar sobre a sociedade limitada unipessoal? Sabe quais as diferenças desse modelo empresarial? Pois bem, é muito comum ter diversas dúvidas sobre o tema e até mesmo confundi-lo com outras modalidades, por exemplo, a EIRELI. Para ajudar você a dominar o assunto, vamos explorar o conceito da sociedade limitada unipessoal e fornecer algumas das vantagens relacionadas a ela.

Continue a leitura para não perder nenhum detalhe. No fim, você terá um entendimento claro sobre esse assunto. Vamos lá?

O que é a sociedade limitada unipessoal?

EIRELI, Micro Empresa, Sociedade anônima. Provavelmente você já se deparou com algum desses termos no seu dia a dia. No entanto, existe um novo formato jurídico que tem ganhado muita relevância no cenário empresarial brasileiro.

Trata-se da sociedade limitada unipessoal, que é mais simples e favorável ao pequeno empreendedor. Muitos profissionais e empresários estão procurando por esse modelo pela segurança jurídica oferecida e simplificação de processos.

A Lei de Liberdade Econômica proporcionou a criação desse novo tipo de sociedade. A aprovação dessa medida provisória é bem recente, com a oficialização pela  Lei Nº 13.874 de 20 de setembro de 2019. Tudo isso cria um cenário de pouco conhecimento sobre o assunto e diversas dúvidas.

De forma simples, a sociedade limitada unipessoal é uma forma de oficializar o negócio, sem ter sócios e com maior flexibilidade para o capital social. Isso facilita, já que o empreendedor não precisa ter um capital de 100 salários mínimos para abrir a sua empresa.

O fato de não precisar incluir sócios no negócio também ajuda muito no processo. Assim, o empresário responde de forma jurídica individualmente. Essa é uma proteção importante para o patrimônio pessoal do dono, que não está em jogo.

Como abrir a sociedade limitada unipessoal?

Agora que você conhece mais sobre essa nova modalidade, vamos partir para a parte prática. O processo de abertura consiste em seguir um passo a passo. Veja!

Assinatura do contrato social

O primeiro passo é assinar o contrato social, um documento que inclui todas as informações da empresa.

Registro na junta comercial

Na sequência, há o processo de registro na junta comercial do estado em que ela atuará. Uma dica importante é verificar a disponibilidade do nome da empresa no mercado, caso não existam patentes.

Abertura do número de CNPJ

Esse tópico é realizado no site da Receita Federal e consiste na protocolação e entrega dos documentos comprobatórios. Atualmente, pode ser feito totalmente online.

Solicitação do alvará de funcionamento

É preciso solicitar o alvará de funcionamento na prefeitura em que a empresa vai se localizar.

Inscrição no regime tributário

Por fim, basta selecionar qual é o enquadramento tributário mais adequado e vantajoso para a empresa.

Ao longo deste material, você pôde conferir como a sociedade limitada unipessoal pode ser um modelo de enquadramento interessante e de adoção mais simples. Portanto, analise, pesquise e procure as melhores opções para o seu negócio.

Gostou do nosso artigo sobre a sociedade limitada unipessoal? Então, assine a newsletter para não perder nenhuma novidade aqui do blog!

Você também pode gostar

Deixe um comentário